nov
8
2011
Não encontro a endorfINA, só gosto é de pescar corvINA

 

Eu Maloqueiro, Véião Cozinheiro e Guto Pirangueiro

Eu Maloqueiro, Véião Cozinheiro e Guto Pirangueiro

Seis meses frequentando academia, sinto algumas diferenças físicas, mas minha busca ainda continua.

Busca, porque até hoje não encontrei o prazer e o vício que a tal da endorfina proporciona; fato que é divulgado frequentemente pelos especialistas.

Sinceramente, acho que tenho algum problema físico, pois até hoje não consegui me viciar em nenhuma coisa com “…ina”, exceto pescar corvina rs, sequer sei se produzo ou não esse negócio aí que todo mundo fala, mas eu nunca nem vi. Acho que, se existir, deve estar brincando de esconde-esconde comigo, então o jeito é continuar procurando.

Mas mesmo assim, continuo frequentando academia e faltei pouquíssimos dias, e quando isso ocorreu sempre foi por justificativa séria, mesmo tendo preguiça e não gostando é algo que tenho feito questão de fazer.

Pode parecer estranho, mas realmente não gosto, acho legal o clima, gosto de ir pra conversar, dar risada, arejar a cabeça etc., mas não gosto da parte dos exercícios.

Academia! - Não Curto

Academia! - Não Curto

Primeiro porque sempre que alteramos o exercício, muda a sequencia do treino ou algo do gênero o corpo dói, e o engraçado é que essa dor é muitas vezes falada que se está doendo é porque está fazendo resultado, pode até ser verdade, mas dói e essa dor, mesmo que seja para ter resultado, não me atrai.

É lógico que já vejo os benefícios físicos, sinto que o condicionamento melhorou, não fiquei com flacidez, tanto que dificilmente precisarei de qualquer cirurgia plástica, e o principal, é um local que é bom para espairecer a cabeça, aí sim é um ponto favorável.

Acho que realmente é algo físico e individual de cada organismo, mas comigo tem funcionado assim.

Agora não posso negar, estou me esforçando pra tentar gostar, mas não adianta.

E nessa batalha do não gostar X o precisar, grande destaque tem o professor Marcelo, pois compreensivo com minhas características ao longo dos meses elaborou um treino que busque o resultado e ao mesmo tempo não seja uma tortura, acho que se já tivesse encontrado a endorfina e realmente gostasse o treino seria outro, estaria em um estágio mais avançado e os resultados melhores, mas considerando essa peculiaridade, estou muito satisfeito.

Acredito, também, que a perda de peso deve ter alguma influencia, pois foram algo em torno de 45kg perdidos e, logicamente, nessa quantidade absurda, além das gorduras ruins o corpo perde coisas boas, portanto a fraqueza é algo que ainda me acompanha, especialmente, ao fazer exercícios com aumento de peso.

Fiquei chateado com outra situação, pois tinha como meta conseguir correr até o final do ano 04km, mas terei que adiar isso, pois em alguns trotes que dou sinto um incomodo no joelho, algo que nunca tive, mas acredito que seja em decorrência do próprio emagrecimento, então continuo no trabalho de ganhar massa corporal e fortalecer os músculos, quando avançar nesse estágio, volto com o projeto de correr.

No entanto, não posso reclamar, muito pelo contrário, hoje já levo a vida normal e entendo ser natural esse sentimento de aversão aos exercícios, pois foram décadas sem fazer e seria exigir demais de mim e do meu corpo que em seis meses passasse a adorar o que nunca tinha feito, por isso estou tranquilo, só o fato de me policiar e ir à academia é uma vitória.

Proximo Post: »

Sobre o Autor:

Após academia, nutricionistas e endocrinologistas resolvi “entrar” na faca. Estou com 35 anos, 1,76 m (vamos ficando velho, corcunda e encolhermos) e 124,3 Kilos.

2 Comments Comente

  • Pois é, amigo, eu estou na mesma situação. Décadas sem fazer exercício físico e há uns 4 meses emagreci uns 20 kg e voltei à academia. Também não sinto o tal barato da endorfina. Acho um saco mesmo. Você ainda curte o ambiente, o bate-papo. Eu entro mudo e saio calado.

    No entanto, também sinto as vantagens do condicionamento físico. Já melhorei bastante. Antes, quase não conseguia me levantar do chão direito. Em termos de agilidade para se locomover, está sendo ótimo.

    Mas prazer mesmo eu não sinto. Encaro como um remédio que tem de ser tomado 3 vezes por semana. Está funcionando, mas gostaria de sentir essa tal de endorfina inundando meu cérebro, para que eu me viciasse na coisa. Mas eu acho que sou ruim de vício.

    Um abração,
    Geraldo.

  • Online Article…

    Every once in a while we choose blogs that we read. Listed above are the latest sites that we choose…

Cadastre seu email e receba as atualizações do site

Enquete

Você é a favor da Cirurgia

Ver Resultados

Loading ... Loading ...

Calendário

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« jan    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
UA-23356810-2