mai
14
2012
Resultado dos exames após um ano e três meses de cirurgia

Demorou, mas os resultados dos exames ficaram prontos e foram extremamente satisfatórios. Assim listarei àqueles que acredito ser os mais importantes em minha opinião, pois ainda retornarei ao médico e depois escrevo sobre a opinião técnica.

Fígado bem melhor

Fígado bem melhor

Esteatose = o nome é complicado, mas isso nada mais é do que gordura no fígado, é uma doença que precisa cuidar para evitar complicações. Cheguei a ter essa doença no grau 3 e 4, já tinha feito até biopsia em decorrência da enorme alteração que tinha no tamanho do bitelo e nos exames sanguíneos, mas agora o ultrassom constatou uma redução significativa, para nível 01. Ou seja, estou muito próximo ao normal e certamente muito mais saudável do que antes, até porque a parte sanguínea já está dentro do padrão.

Pedra da vesícula = não sei o motivo clínico, mas um dos efeitos colaterais da cirurgia bariátrica é o aparecimento de pedra na vesícula, várias pessoas que realizaram a cirurgia acabam tendo isso. Porém, também, nos exames que realizei não existiu nenhuma alteração, e ao menos por enquanto posso ficar tranquilo que não tenho nenhuma pedra.

Vitaminas = ao contrário de outros tipos de técnicas cirúrgicas, a que realizei Gastrectomia Vertical, não torna obrigatório o reposição de vitaminas por intermédio de complementos, por algumas ocasiões sua utilização é aconselhável, mas não obrigatória. Esse foi inclusive um dos motivos de ter escolhido essa técnica, pois sou esquecido. Mas com a alimentação balanceada que estou tendo os exames demonstraram que estou dentro dos parâmetros das vitaminas, ferros e outras coisas mais. Ou seja, mesmo perdendo muito peso (46 kg) tudo está dentro dos conformes, mesmo que ainda em alguns momentos tenha fraqueza.

Colesterol = após um ano e comendo de tudo, inclusive desobedecendo em algumas ocasiões a dieta, meu colesterol está dentro do aceitável. Ou seja, já não corro mais nenhum risco iminente.

Assim, acho que para o primeiro ano e 46 kg mais leve tudo está indo muito bem, não tenho do que reclamar, mas a verdadeira luta será nos próximos anos para manter o atual habito alimentar e continuar fazendo exercícios, não posso acomodar, caso contrário irei expandir minha circunferência novamente

 

Post Anterior: «

Sobre o Autor:

Após academia, nutricionistas e endocrinologistas resolvi “entrar” na faca. Estou com 35 anos, 1,76 m (vamos ficando velho, corcunda e encolhermos) e 124,3 Kilos.

2 Comments Comente

  • BOm dia, gostaria de saber com esse tipo de cirurgia o que acontece se a pessoa voltar a comer como antes? Já que não terá mais parte do estômago…

  • Formulates Realistic Objectives…

    Pretty component of content. I just stumbled upon your website and in accession capital to say that I get in fact loved account your blog posts. Any way I will be subscribing on your augment or even I fulfillment you get admission to persistently quick…

Cadastre seu email e receba as atualizações do site

Enquete

Você é a favor da Cirurgia

Ver Resultados

Loading ... Loading ...

Calendário

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« jan    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
UA-23356810-2